popup popup
blog blog blog

Blog

blog da essor

blog da essor

Os melhores conteúdos para proteger o seu patrimônio você encontra aqui.

Seguro decenal rende à Essor o prêmio cobertura na categoria inovação

3 de junho de 2013

O produto que cobre quaisquer prejuízos originados por danos estruturais à construção pelo prazo de dez anos trouxe reconhecimento para a Essor.

Em cerimônia realizada no dia 26 de outubro, na Fecomércio, em São Paulo (SP), o XV Prêmio Cobertura-Performance na categoria Inovação foi entregue à Essor Seguros, pelo ineditismo e desempenho do seu produto Seguro Decenal, lançado há apenas dois meses.

A Essor Seguros, que é resultado da joint-venture entre a Mutuelle des Architectes Français Assurances (MAF) e a SCOR Global P&C SE, desenvolveu o Seguro Decenal para a construção civil. O produto oferece proteção ao incorporador/construtor e consumidor por um período de dez anos contra quaisquer prejuízos originados por danos relevantes nos elementos estruturais do empreendimento, como fundação, alicerces, pilares, muros, elementos moldados, vigas, elementos pré-fabricados, entre outros.

O diretor executivo da Essor, Fábio Pinho, acompanhado do diretor geral da MAF, Jean-François Allard; Victor Peignet, CEO da SCOR Global P&C e membro do Conselho da Essor; Jean Tuccella, diretor técnico da SCOR Global P&C e membro do Conselho da Essor; José Carlos Cardoso, diretor executivo da SCOR RE Brasil e de Rossana Costa, Coordenadora do Núcleo de Seguros da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), manifestou o seu contentamento com a premiação, entregue pelo vice-presidente da CNSeg, Patrick Larragoiti. “Estamos extremamente orgulhosos por este prêmio, que representa um grande marco, um reconhecimento pela inovação do Seguro Decenal”, disse.

Segundo Fábio Pinho, o Seguro Decenal tem conquistado altíssima aceitação no setor de construção. “Hoje temos em negociação a emissão de apólices para grandes obras de infraestrutura, obras residenciais e indústrias”, afirmou. Para ele, o mercado de seguros brasileiro tem muito espaço para crescer se comparado a mercados mais desenvolvidos, como o francês, por exemplo, que representa 45% do PIB do seu país, além de apresentar muitas oportunidades para o lançamento de produtos inovadores.

O executivo da MAF, Jean-François Allard, concorda com Fábio Pinho em relação às oportunidades que o seguro brasileiro oferece. “Os produtos lançados pela Essor são apenas os primeiros de uma série de novos produtos que pretendemos trazer ao Brasil. Acreditamos que os nossos produtos, além de beneficiar o consumidor, possam se tornar importantes meios para melhorar a qualidade do setor de construção no país”, disse.

De acordo com Fábio Pinho, a Essor pretende movimentar o mercado de construção civil com produtos inovadores. Um deles, já aprovado pela Susep, entra em operação no dia 3 de dezembro. “O foco desse novo produto será o consumidor que deseja qualidade, preço e diferencial”, adiantou.

Outro produto da Essor, desenvolvido em parceira com a CBIC, o Seguro Garantia de Entrega de Obra, que está em operação há apenas quatro meses, tem conquistado grande adesão no segmento de construção. O seguro garante a realização e a entrega da obra pelo preço e especificações contratados, a um custo acessível.

Segundo Rossana Costa, coordenadora do Núcleo de Seguros da CBIC, a ideia de um seguro que garante a entrega da obra no prazo surgiu desde a época do caso Encol, quando as dificuldades enfrentadas por inúmeras incorporadoras resultaram em prejuízos aos consumidores. Entretanto, cerca de doze anos se passaram até que uma seguradora aceitasse o desafio.

“Não havia no mercado um seguro que cobrisse a entrega da obra no prazo. Os produtos existentes garantem apenas a obra, não a entrega no prazo”, disse Rossana. Ela conta que graças à parceria com a Essor, o Seguro Garantia de Entrega de Obra foi elaborado de acordo com as necessidades do setor e oferece diversas coberturas em uma mesma apólice. “O potencial desse seguro é enorme, a começar por todo o Programa Minha Casa, Minha Vida”, afirmou.|Vania Absalão/VTN.

premio

 

COMPARTILHAR:

siga nossas redes sociais