popup popup
blog blog blog

Blog

blog da essor

blog da essor

Os melhores conteúdos para proteger o seu patrimônio você encontra aqui.

Atuação do Corretor de Seguros em momentos de crise

Atuação do Corretor de Seguros em momentos de crise

22 de abril de 2020

Em tempos difíceis, no qual o país está passando por uma situação avassaladora que impacta a vida de todos, a preocupação com o futuro torna-se ainda mais presente. Nesse contexto, como o corretor de seguros deve atuar? É possível trabalhar enquanto o Brasil passa por uma crise tão aguda? O tema é complexo, mas a resposta é sim. Este é um momento de risco para todos e risco tem tudo a ver com seguro.

 

A pandemia do COVID-19 tem despertado inúmeras incertezas, desde a dimensão da crise econômica que acompanha a disseminação do vírus até especulações sobre o conceito de “normalidade” após a superação deste evento. Nesse ínterim, lidamos com a busca por preservação da vida e, paralelamente, a manutenção do patrimônio adquirido. É natural que numa situação de crise econômica as pessoas busquem pela proteção do seu patrimônio. Ou seja, agora é hora de falar em seguro.

 

Seguro trabalha com prevenção de riscos

 

A prevenção de riscos é a alma do seguro. E prevenção é uma palavra em alta hoje em dia. O momento é, sobretudo, de conscientização quanto à importância de proteger o patrimônio. Ter um seguro é uma decisão consciente, com visão a longo prazo. Possuir um seguro significa proteção, enquanto não possuir um seguro representa um risco iminente, sem nenhuma assistência garantida.

 

Obviamente, vender um seguro nunca foi tarefa fácil e agora não é diferente. Em momentos de intempéries é necessário reforçar o relacionamento com clientes antigos e atuais, mais do que nunca. Lembre-se que se você, corretor de seguros, está apreensivo com o cenário atual, o seu cliente também compartilha do mesmo sentimento.

 

Seja propositivo

 

Agora, principalmente. A função do corretor de seguros abrange oferecer as melhores soluções para os clientes, considerando coberturas que protejam hermeticamente possíveis danos decorrentes de eventos sofridos pelo segurado.

 

Ser propositivo significa atuar com assertividade, indicando caminhos e alternativas que visem minimizar gastos e danos do segurado. Para tanto, faz-se essencial conhecer as especificidades dos clientes e negócios.

 

Por exemplo, para clientes da construção civil, que atuam em canteiros de obras, indique meios de paralisar a obra sem prejuízos exacerbados, evitando desperdício de materiais e estragos estruturais.

 

Clientes empresariais também necessitam de estratégias para manter-se em períodos de crise, principalmente, os pequenos e médios empresários.

 

Sugerir meios para desacelerar o serviço, mantendo as atividades essenciais para a manutenção do patrimônio é uma forma de continuar junto ao cliente, demonstrando apoio e atenção.

 

Essência do seguro e o papel do corretor

 

Este é o momento ideal para relembrar a essência do seguro e o papel do corretor de seguros. Considerando que a essência do seguro está na proteção financeira, fator fundamental para promoção do bem-estar individual, o corretor de seguro desenvolve uma atividade chave para o bem-estar social.

 

Atuando desde a prospecção, passando pela contratação, eventual liquidação do sinistro, até a renovação do seguro, o corretor de seguros tem responsabilidade sobre a proteção do patrimônio das pessoas e/ou empresas.

 

Logo, o profissional assume papel como mantenedor da garantia de futuro dos clientes, que por um motivo ou outro, podem perder seus patrimônios.

 

Como especialista, o corretor de seguros é treinado para entender a dinâmica da vida, avaliando os diversos tipos de riscos e cenários e reconhecendo os melhore produtos disponíveis no mercado para reduzir quaisquer danos possíveis.

 

Indo além, o corretor de seguros acompanha toda a trajetória do segurado. Como um médico que trata da saúde, o corretor de seguros garante o acesso à saúde, à proteção do patrimônio, à garantia de assistência e recursos necessários para o bem-estar do segurado e sua devida proteção.

 

O digital é uma necessidade

 

Há tempos o digital já não é mais uma novidade. Estar conectado é uma necessidade. Comenta-se que a digitalização do setor de seguros dá-se de forma gradual, porém, a atual situação mostra que seguradoras e corretores de seguros que não estiverem atualizados no ambiente digital sofrerão, severamente, os impactos da crise econômica.

 

Se antes contratar um seguro pelo meios digitais, em alguns cliques, era considerado coisa do futuro, agora é uma realidade extremamente necessária. A incorporação da tecnologia no seguro não só impacta a eficiência operacional: em tempos de isolamento social é a alternativa viável para continuar presente no mercado.

 

Aproveitar as ferramentas online disponibilizadas pela seguradora é a solução para continuar ativo e movimentar a carteira de segurados. Converse com seus clientes e seguradora parceira, reconheça quais produtos são mais interessantes de comercialização neste momento.

 

Acredite que problemas e situações adversas sempre existiram e sempre existirão. Trabalhe a cultura do seguro nos seus clientes e prospects. O seguro tem o poder de não só sobreviver, mas de crescer em momentos de crise.

 

 

COMPARTILHAR:

siga nossas redes sociais