popup popup
blog blog blog

Blog

blog da essor

blog da essor

Os melhores conteúdos para proteger o seu patrimônio você encontra aqui.

Gás natural pode gerar economia para empresas de transporte de passageiros

Gás natural pode gerar economia para empresas de transporte de passageiros

29 de agosto de 2019

O sistema de transporte no Brasil vem passando por diversas transformações – e isso inclui o transporte de passageiros. Além das pesquisas que envolvem ônibus elétricos – que ainda andam a passos lentos e se restringem a áreas urbanas no País –, estudos a respeito de outras possibilidades de combustíveis também têm recebido destaque.

 

Atualmente, o diesel ainda é muito utilizado no sistema de transporte no Brasil. Na cidade de São Paulo, por exemplo, mais de 98% dos ônibus utilizam combustíveis fósseis. E, além dos impactos que causa ao meio ambiente, outro fator agravante do diesel é a instabilidade de seu valor, o que acaba gerando prejuízos às empresas de transporte.

 

Entre o diesel e a energia elétrica, encontra-se uma opção mais viável: o gás natural (GNV). Segundo a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalalizado (Abegás), o GNV permitirá uma redução de 70% na emissão de poluentes em veículos pesados, como os ônibus.

 

Além dos benefícios ao meio ambiente, o gás natural representaria uma economia para os empresários, uma vez que o GNV é, aproximadamente, um real mais barato por litro se comparado ao diesel. Dessa forma, essa mudança pode gerar uma economia às transportadoras e um avanço no sistema de transporte no Brasil – já que, com esse barateamento do combustível, os deslocamentos de passageiros podem se tornar mais produtivos e positivos.

 

 

Seguros protegem patrimônio e passageiros

 

Outra medida importante para garantir a segurança e a eficiência durante o transporte de passageiros é a contratação de seguros adequados – seja para seu patrimônio, colaboradores ou clientes. Para assegurar sua tranquilidade, a ESSOR conta com produtos que protegem seus ônibus desde a garagem até a estrada. Para saber mais, fale com seu Corretor ou acesse www.essor.com.br.

 

Fonte: http://negociosemtransporte.grupott.com.br/

COMPARTILHAR:

siga nossas redes sociais